Vulnerabilidade e Coragem

Blog

Quantas vezes você já pensou que se mostrar vulnerável é sinônimo de fraqueza? No seu trabalho, você já se viu em situações de pensar que perderia o emprego por falar um simples: “eu não sei sobre este assunto” ou “pode me explicar melhor porque eu não entendi”?

Em um passado super presente, aceitar a vulnerabilidade era sinônimo de fraqueza e covardia. No mundo corporativo, onde atuei 28 anos como líder, cada vez que as pessoas me perguntavam ou me questionavam alguma atitude, eu me percebia em uma situação de não “passar vergonha”. Eu tinha que saber de tudo e um líder que não sabia poderia perder os seus liderados. Como isto tudo mudou, não é mesmo?

“A vulnerabilidade soa como verdade e sente-se como coragem. Verdade e coragem não são sempre confortáveis, mas elas nunca são fraqueza.” – Brené Brown

Chorar na frente das pessoas: nem pensar! “Como um líder pode se emocionar e se mostrar fraco diante de uma situação complexa?” . Hoje estamos vendo o quanto mudou este conceito e sabemos que a fragilidade, as emoções e ser verdadeiro trazem mais e mais as pessoas para perto de você.

A conexão que você precisa ter com as pessoas que o cercam é o que garante a troca de experiências e as boas relações que terá ao longo da vida. Não podemos esquecer que muitas das conexões podem surgir através da vulnerabilidade. As pessoas se aproximam de nós quando entendem que somos pessoas, ainda não estamos prontos e que não temos respostas para todas as situações: estamos em constante mudança, evolução e transformação.

 

 

Como esconder as emoções diante de tudo o que estamos vivendo? Para que falar a todo momento “fique bem”, “cuide-se” e “isto vai passar” se estamos com medo, nos sentimos fracos diante da situação em casa, no trabalho, nas finanças e em relação ao Novo Mundo que virá após esta pandemia? Precisamos ser verdadeiros conosco: se estamos com medo, vamos conversar sobre isto! Se estamos tristes com o isolamento social, com falta das pessoas e os abraços vamos chorar! Sentir as emoções é o que nos faz humanos e sensíveis. Um coração percebe o outro! Vamos nos aproximar muito mais dos outros abrindo nossa cabeça e o que estamos sentindo.

A única verdade é aquela que se passa dentro de você. Eu tenho trabalhado muito este tema quando eu paro para ler as avaliações que as pessoas fazem ao final das minas aulas ou das palestras que faço nas empresas ou nas faculdades. Às vezes eu recebo 50 avaliações ótimas e empolgantes, mas uma que seja ruim me derruba e fico pensando horas onde foi que eu errei. Estou mudando: não que eu vá apenas ver os comentários bons, não é isto! Eu preciso entender que a minha avaliação também é muito importante e se eu errei, então prazer: “sou um ser humano” e tenho que sentir orgulho de tudo isto.

 

 

Se aceitarmos a nossa vulnerabilidade estaremos prontos para agir e mudar no que for necessário. Não podemos criar armaduras para esconder a nossa fragilidade pois dependemos das pessoas, principalmente em um momento complexo como o que estamos vivendo: crise política, milhares de pessoas perdendo a batalha contra o Covid-19, não sabemos o que vai aconteceu daqui a horas, quanto mais amanhã, não é mesmo?

Vou dar uma dica do que eu tenho feito nesta minha carreira de Consultor e Palestrante, isolado em casa e com a maioria das aulas canceladas! Estou deixando que as emoções venham à tona: dias alegres, momentos de reflexão, chorando quando estou triste, curtindo a alegria da convivência que estou tendo neste isolamento. Os dias que eu acordo mais triste e desmotivado, não “abduzo” o sentimento! Apenas sinto, reflito e penso: o que posso fazer para melhorar, o que eu posso fazer diferente, criar conteúdos novos, estudar, ler, compartilhar e ser útil.

 

Acabou o tempo em que a vulnerabilidade nos afastava das pessoas: ela está nos aproximando cada vez mais, criando conexões, formas diferentes de ver os mesmos fatos e encontrando possíveis soluções para sair desta crise!

Antes de mostrar que você é vulnerável, lembre-se que isto exige coragem. Nem todas as pessoas podem entender como uma virtude, e isto não é importante. VOCÊ e seus sentimentos serão as fortalezas para este Mundo Novo. Seja verdadeiro, autêntico, frágil e aprenda muito com tudo isto: assim eu acredito que realmente você sairá “mais forte” deste momento que estamos passando!

Ótima semana a todos!

______________________

Quer saber mais informações sobre este e outros assuntos, se inscreva no meu canal do YouTube:
https://www.youtube.com/channel/UCRyEtrzPx1zOUZfvbnhxOEA?view_as=subscriber

Me siga também no Instagram: @lrclerc

Te encontro lá!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Data de publicação :

23/05/2020

Categorias :

Compartilhe este post :